Guia de Viagem Gluten Free em

Dublin – Irlanda

Nós viajamos ao redor do mundo e criamos o guia de viagem gluten free perfeito para você.

Este conteúdo é fruto de muita pesquisa e dedicação, mas antes de visitar algum lugar, principalmente restaurantes, recomendamos que confira se as informações continuam as mesmas, para garantir a sua segurança com uma alimentação realmente livre de glúten. Confira também a data de atualização deste conteúdo logo abaixo.

Caso você tenha algum comentário ou sugestão, entre em contato conosco.

Se você está planejando uma visita a Dublin, este guia irá ajudá-lo a aproveitar ao máximo sua viagem gluten free. Vamos resumir aqui tudo que você precisa saber sobre a cidade, e até mesmo algumas dicas de passeios próximos.

Existem muitos motivos para visitar Dublin, então confira aqui um resumo do que você precisa considerar:

🏰 Rica História e Cultura: Dublin é uma cidade repleta de história e cultura. Você pode explorar locais históricos, como o Castelo de Dublin e Trinity College, onde está a famosa Livraria Antiga e o Livro de Kells. Além disso, a cidade tem uma cena cultural vibrante, com teatros, galerias de arte e música ao vivo em pubs, onde você pode experimentar a autêntica cultura irlandesa.

👋🏼 Hospitalidade Irlandesa: Os dublinenses são conhecidos por sua calorosa hospitalidade. Ao visitar Dublin, você terá a oportunidade de interagir com os locais amigáveis, ouvir suas histórias e mergulhar na cultura irlandesa. Os pubs tradicionais são locais ideais para fazer amizades e aproveitar a música ao vivo.

🍴 Gastronomia Gluten Free: A culinária de Dublin tem, em teoria, uma boa adaptabilidade para a dieta sem glúten. Sendo que, a Irlanda, como um todo, parece ter bom conhecimento sobre a doença celíaca. No entanto, não é muito comum restaurantes com cozinhas dedicadas. Vamos falar mais sobre isso adiante, se tiver pressa, vá direto para o assunto aqui.

🍺🚫 Cervejarias e destilarias de Whisky: Dublin é o lar de algumas das fábricas dessas bebidas mais famosas do mundo, incluindo a Guinness e a Jameson. Então quando se fala de turismo lá, sempre mencionam isso… No entanto, não é seguro para celíacos fazer tour por esses locais, pois eles processam grãos que contém glúten. Na verdade, nem queremos passar perto deles, certo? Então esse é apenas um alerta! Fuja desse tipo de passeio! Falamos mais sobre essas duas marcas aqui.

COMO CHEGAR

Dublin é acessível de várias maneiras, tornando-a um destino conveniente para viajantes de todo o mundo.

🛬 Aeroportos: O Aeroporto de Dublin (Dublin Airport – DUB) é o principal ponto de entrada internacional para a cidade. Ele está localizado a aproximadamente 10 km do centro da cidade e é servido por diversas companhias aéreas. 

🚆 Conexões Ferroviárias e Rodoviárias: Dublin está bem conectada por trem ou ônibus com cidades vizinhas e outras cidades na Irlanda. O Dart (Dublin Area Rapid Transit) é um sistema de trem suburbano que pode levá-lo aos arredores da cidade, na região metropolitana, como Howth e Bray. Além disso, você pode pegar trens de alta velocidade, como o Luas, que oferecem uma maneira eficaz de se deslocar pela cidade.

🚍 Transporte na Cidade: Dublin possui uma rede de ônibus extensa e eficiente, o que torna fácil explorar todos os cantos da cidade. Não há metrô em Dublin, mas os ônibus, bondes e trens suburbanos garantem que você chegará aonde precisa. Além disso, se você ficar hospedado na região central e mais turística, consegue fazer muitos dos passeios a pé.

ONDE FICAR

Dublin oferece uma variedade de bairros encantadores para escolher, dependendo do seu estilo de viagem. Alguns dos melhores bairros para ficar incluem:

🏨 Centro da Cidade: Se você deseja estar perto dos principais pontos turísticos, como Temple Bar, Trinity College e Grafton Street, o centro da cidade é a escolha ideal. Aqui, você encontrará hotéis para todos os orçamentos.

🏨 Ballsbridge: Um bairro sofisticado, a curta distância do centro, conhecido por suas opções de hospedagem de luxo e proximidade ao Aviva Stadium.

🏨 Smithfield: Uma área em crescimento, com muitos apartamentos modernos e opções de hospedagem mais econômicas. É uma ótima escolha para viajantes que procuram uma experiência mais autêntica.

E não esqueça que, caso você opte por cozinhar algumas das suas refeições gluten free, é interessante buscar por apartamentos com cozinha.

ONDE COMER “GLUTEN FREE”

Dublin, como falamos no início deste guia, de forma geral, parece ter conhecimento sobre a doença celíaca. E como o “menu de alérgenos” é legislação, você encontra a identificação de pratos “sem glúten” e “sem trigo” em diversos cardápios de restaurantes. Mas não se engane, mesmo identificando, nem sempre as empresas garantem que os cuidados sejam suficientes para celíacos e alérgicos ao trigo (ou aos outros alergênicos), devido a possibilidades de contaminação cruzada. 

Além disso, infelizmente parece que na atualidade não existe mais nenhum restaurante 100% sem glúten em Dublin (esperamos que essa realidade mude um dia).

Supermercados

Caso você prefira ou planeje cozinhar em sua hospedagem em algum momento, saiba que a legislação de rotulagem na Irlanda não requer o “Não contém glúten”, então nem todos os alimentos são identificados, porém existem alguns produtos com certificação. Alguns dos supermercados que tem produtos rotulados como “sem glúten” com grande diversidade são o Tesco e o Dunnes. 

Mapa de possibilidades Gluten Free em Dublin

Fizemos um pente fino entre diversos restaurantes que podem ter opções sem glúten e adicionamos no mapa abaixo aqueles que nos passaram mais confiança… Entretanto recomendamos muito que você, antes de comer nos locais abaixo, verifique se são seguros para suas necessidades dietéticas. Converse também com a pessoa que irá te atender no local, mesmo se tiver entrado em contato antes…

Clicando em cada local no mapa, confira também nossos comentários com alertas.

Marcas de bebidas famosas da Irlanda que celíacos devem passar longe

O whisky irlandês Jameson contém glúten?

A própria marca fala sobre isso em seu site e pode confundir algumas pessoas. Em resumo, os grãos que utilizam no whisky contém glúten, mas essa proteína é removida em sua maior parte no processo de destilação. Não asseguram que o produto seja seguro para celíacos e “pessoas altamente sensíveis a glúten”, e recomendam que a pessoa consulte seu médico antes de experimentar o produto (basicamente tiram sua responsabilidade sobre celíacos serem prejudicados se consumirem, mas o comunicam bem).
Nossa opinião é que, como existe risco, celíacos não devem ingerir essa marca, mas existem alternativas de bebidas semelhantes, como rum, tequila, ou vodka de ingredientes alternativos (citamos algumas aqui: Vodka Gluten Free: Você curtindo bons drinks) .

A cerveja Guinness contém glúten?

Sim, Guinness contém cevada maltada, que é um ingrediente que contém glúten. Essa proteína não é “quebrada” no processo de fabricação. Dessa forma não deve ser consumida se você tiver doença celíaca ou alta sensibilidade ao glúten.

O QUE FAZER

Dublin está repleta de atrações emocionantes e locais históricos. Aqui estão alguns lugares imperdíveis para visitar:

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Trinity College

Trinity College

Catedral St. Patrick’s

▪️ Trinity College e Livraria Antiga: Explore a biblioteca de longa data e veja o famoso Livro de Kells.

▪️ Castelo de Dublin: Uma fortaleza medieval no coração da cidade que oferece uma visão fascinante da história irlandesa.

▪️ Museu de História Natural: Descubra uma coleção impressionante de animais e fósseis em um ambiente educativo.

▪️ Temple Bar: O bairro boêmio de Dublin, conhecido por sua vida noturna animada e galerias de arte.

▪️ Phoenix Park: Um dos maiores parques urbanos da Europa, lar de veados selvagens e o belo Áras an Uachtaráin, a residência do presidente da Irlanda.

▪️ Catedral de St. Patrick: Uma impressionante catedral gótica que remonta ao século XII.

▪️ Museu Nacional de Arqueologia: Explore a rica história arqueológica da Irlanda, incluindo o famoso Tesouro de Ardagh.

▪️ Cemitério Glasnevin: Visite o túmulo de figuras históricas da Irlanda, incluindo Michael Collins e Éamon de Valera.

BATE-VOLTAS PRÓXIMOS

Se você tiver tempo extra, considere visitar cidades próximas, como:

▪️ Bray: Uma cidade costeira com belas praias e uma trilha panorâmica ao longo dos penhascos de Bray.

▪️ Howth: Além do seu charme costeiro, Howth oferece trilhas deslumbrantes. 

▪️ Kilkenny: Cidade especializada no artesanato e design, e também possui alguns castelos.

▪️  Falésias de Moher: Você também pode fazer um passeio de dia inteiro (esses passeios comprados com guia turístico, de ônibus) até estes impressionantes penhascos que ficam na margem esquerda da ilha da Irlanda. Embora seja uma viagem de mais de 3 horas, o caminho de Dublin até lá é muito bonito, e dependendo do passeio que você escolher, pode ter paradas em outros lugares interessantes.

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Caminho do passeio para Falésias de Moher

The Burren, no caminho do passeio para Falésias de Moher

Falésias de Moher

Falésias de Moher

Falésias de Moher

QUANDO VISITAR

Dublin é aquela cidade que parece que é “meio cinza” a maior parte do tempo. Os verões obviamente são mais divertidos porque tem céus mais abertos e até mesmo um solzinho.

O inverno é longo, muito frio e com precipitação. Portanto, escolha o momento que você achar que se encaixa melhor com o tipo de turismo que você pretende fazer.

Esperamos que este guia de viagem gluten free de Dublin ajude você a planejar uma viagem inesquecível e segura à capital da Irlanda!

Facebook
WhatsApp
Navegue neste conteúdo
Anúncios

Os links abaixo são provenientes e anúncios automáticos (cujo conteúdo não temos controle), portanto podem aparecer produtos alimentícios que não sejam sem glúten. Dessa forma sempre verifique, ok? :)

Este conteúdo é protegido por direitos autorais, então não pode ser copiado.